fundo fundo fundo fundo
20 de abril de 2016

Antocianinas -

As antocianinas são pigmentos dos vegetais que conferem as diversas cores observadas em flores, caules, frutos e raízes dos vegetais que variam do vermelho-alaranjado ao roxo/azul ou amarelo. Estes pigmentos naturais são compostos fenólicos e pertencem ao grupo dos flavonóides. São solúveis em água e instáveis ao calor excessivo. Nas plantas eles atuam como proteção de flores, folhas e frutos contra danos provocados pela luz ultravioleta (UV), poluição e outros agentes externos, e evitam a produção de radicais livres. O nosso organismo não produz estas substâncias protetoras, por isso temos que adquiri-las por meio da alimentação.

As antocianinas podem ser encontradas em uma grande variedade de plantas: uva, cereja, ameixa, morango, amora, jabuticaba, maçã, acerola, pêssego, tamarindo, mirtilo, repolho roxo, rabanete, cebola roxa.

Em humanos as antocianinas estão relacionadas com importantes atividades biológicas, têm alto poder antioxidante, atuando contra os radicais livres (formas químicas prejudiciais ao organismo), prevenção da degeneração das células, tem propriedades vasodilatadoras e neuroprotetoras, é importante aliada na prevenção/retardamento de doenças cardiovasculares, do câncer e doenças neurodegenerativas e modulam da inflamação.

Ainda não há uma recomendação exata da quantidade ideal de antocianinas que deveriam ser ingeridas por dia para alcançar tantos benefícios, mas é recomendável ingerirmos pelo menos 1 porção por dia de alimentos que contenham antocianinas.